Jogos da Juventude: Governo de Alagoas entrega passagens para 182 atletas


Competição vai reunir mais de quatro mil atletas de todo o Brasil O Governo de Alagoas entregou passagens, uniformes e camisas de passeio para os 182 estudantes que representarão o estado no maior evento do desporto escolar do país, os Jogos da Juventude, que acontecem de 1º a 16 de setembro, na cidade de Ribeirão Preto (SP). A entrega dos kits ocorreu nessa segunda-feira (25), no Palácio República dos Palmares, em solenidade que contou com a presença dos alunos, professores e familiares.
Também estiveram presentes o secretário de Estado da Educação, Marcius Beltrão, o secretário Executivo de Gestão Interna da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Adaelson Correia, a secretária-chefe do Gabinete Civil, Roseane Vasconcelos, e a gerente de esportes da Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), Juliana Alves.
Dezoito modalidades estarão em disputa nos Jogos da Juventude, mobilizando atletas da etapa juvenil (15 a 17 anos). A delegação alagoana viaja em três momentos: o primeiro grupo parte no dia 31, permanecendo em Ribeirão Preto até o dia 05, enquanto o segundo seguirá no interior paulista de 06 a 12 de setembro. Já a estadia do terceiro grupo será de 12 a 17 de setembro.
Na ocasião, o secretário Marcius Beltrão parabenizou os atletas pelas conquistas na etapa regional e lembrou o fato de também ter disputado os Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal), cujos campeões representam Alagoas nos Jogos das Juventude. “Será uma viagem inesquecível. Vocês se aperfeiçoarão como atletas, mas também terão suas vidas transformadas, tendo a oportunidade de conhecer e conviver com jovens de todo o Brasil. Por isso, aproveitem e brilhem. Alagoas tem orgulho de vocês. Aos pais, nosso agradecimento por confiarem a nós os seus filhos”, destacou.
Um dos oficiais que compõem a delegação, o professor Romildo Calheiros, da Seduc, fez uma rápida apresentação da infraestrutura dos jogos e deu orientações sobre dias e horários das viagens, documentação e locais de competição. O atletismo será a única modalidade que não será disputada em Ribeirão Preto, mas no município vizinho de Pirassununga.
“A estrutura que tivemos no Jeal não deve nada àquela que encontraremos em Ribeirão Preto. Aqui, o Governo de Alagoas não poupou esforços para oferecer o melhor para os mais de 7.500 atletas participantes, mobilizando, inclusive, outras secretarias que tradicionalmente não integravam a organização dos jogos, a exemplo da Secult [Cultura] e da Setur [Turismo]”, observou Romildo.
Juntos Por Uma Alagoas de Todos
Divulgação
Orgulho alagoano
Os campeões do Jeal presentes ao evento falaram da expectativa em relação à viagem e do orgulho e responsabilidade de representar Alagoas em um evento do porte dos Jogos da Juventude.
De Boca da Mata, Eduardo da Silva, da Escola Estadual Josefa Cavalcante Suruagy, vai competir no atletismo, disputando as provas de 800 e 3000 metros. “Esta será minha segunda vez nos jogos. Minhas expectativas são as melhores porque treinei bastante para representar bem o nosso estado”, contou o jovem.
Outro veterano é José Victor Hugo Nascimento, aluno da Escola Estadual Comendador José da Silva Peixoto, de Penedo, que competirá na natação. Esta será a sua quarta participação nos Jogos da Juventude. “Mesmo já tendo viajado em outras ocasiões, estou ansioso. Eu e meus amigos da natação treinamos bastante. Daremos o nosso melhor”, garantiu Victor, que disputará três provas, entre elas os 200 metros medley.
Para Ana Karinne Marques, da Escola Estadual Santos Dumont, de Rio Largo, a ida aos Jogos será uma experiência que marcará sua vida para sempre. “Estou concluindo o ensino médio. Então, esta será minha última viagem aos jogos. Vou aproveitar cada momento, e estou muito feliz por representar meu estado e minha escola”, falou a jovem, que disputará a modalidade Wrestling.
Campeão alagoano
Também do Wrestling, João Vítor Tenório, da Escola Estadual Rosalva Pereira Viana, de Maceió, representou os atletas no evento e trouxe consigo a medalha de bronze que conquistou recentemente nos Jogos Mundiais Escolares ISF Gymnasiade, no Rio de Janeiro. “Essa medalha é inédita para o Wrestling alagoano e me dá impulso para buscar outro pódio no Rio de Janeiro”, afirmou o garoto.
Seu técnico, Roberto Amorim, também está confiante. “Tenho certeza de que, tanto o João Vítor quanto a nossa outra medalhista no Rio, Esthefany Letícia, da Escola Estadual Vitorino da Rocha, que competirá na etapa infantil, em Brasília, terão um excelente desempenho, e com chances de pódio”, apontou.
Juntos Por Uma Alagoas de Todos
Divulgação

Bookmark the permalink.