Mãe de bebê espancada em Palmeira dos Índios, AL, diz que tia tentou proteger a criança do agressor


Bebê de 7 meses foi espancada e tia de 50 anos foi brutalmente agredida e estuprada. Mulher fala sobre espancamento da filha de 7 meses e de tia em Palmeira dos Índios
A mãe da bebê de 7 meses que foi espancada em Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas, disse que a tia, que foi agredida e estuprada, tentou proteger a criança do agressor, mas foi brutalmente espancada e violentada. Um suspeito de cometer os crimes foi preso.
📲 Clique aqui para se inscrever e receber no seu WhatsApp as notícias do g1
Alexia Lopes contou que ao chegar na casa da tia, que cuidava da sua filha, encontrou as duas sendo socorridas, cheias de hematomas.
“A minha tia no intuito de proteger a bebê, ela segurou a minha filha, mas percebendo que ela ia agredi-la mais, quando ela desferiu um soco no rosto da minha filha, a minha filha começou a chorar e aí a minha tia percebendo o que ia acontecer, jogou a minha filha na cama”, relatou Alexia.
Bebê e tia são espancadas em Alagoas
Reprodução
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A bebê recebeu alta médica. A tia de Alexia está internada na Unidade de Emergência do Agreste, em Arapiraca.
Alexia disse que a tia relatou que levou muitos socos e pontapés e que o homem tentou matá-la por esganadura.
Suspeito de espancar bebê e estuprar tia é preso em Palmeira dos Índios

Bookmark the permalink.